sexta-feira, 17 de abril de 2009

Entrevista de Robert e kristen pra Seventeen do México


Leiam a entrevista que Rob e Kristen deram pra seventeen no inicio do ano.

Entrevista com Kristen Stewart

Kristen Stewart

Muitas garotas ao redor do mundo se apaixonaram por Crepúsculo.
Sim, é uma história que pode te prender facilmente porque tem um magnetismo que te deixa obcecada com isso. Isso te faz querer ler a coisa toda de uma vez e você não fica cntente até que tenha terminado a última página.

Quando você estava lendo os livros, houve alguma cena que você ansiou por filmar?
Sim, eu imaginei toda a cena quando bela descobre a verdade sobre Edward. Toda a trama é sobre essa luta, essa luta por descobrir mais sobre ele, a luta para torná-lo consciente de que Bella sabe oque ele é e que ela não se importa. Quando ele finalmente se revela, é algo muito legal porque ele tem medo de se mostrar como ele realmente é. E eu adoro a forma como eles se comunicam sem usar palavras. Eu acho que é a melhor cena de todas.

Que tipo de pessoa é Bella?
Eu gosto da fragilidade dela. É a característica que mais gosto nela porque ela apresenta a si mesma como a vítima, a donsela em perigo e é sobre isso que todo o relacionamento trata. A dinâmica é divertida, ele é um vampiro e pode drenar todo o sangue dela, mas ela não o teme.

Você se compara a ela?
Ela é uma garota típica. Eu me comparo a ela na sua força pessoal. Ela tem suas convicções muito definidas, então quando ela acredita em algo, ela defende isso até o fim.

Você teve medo de fazer esse filme?
Não (risos), havia milhares de pessoas assistindo. Eu experimentei um monte de emoções fortes com a história então eu sentia uma energia muito estranha durante o dia todo. Eu ficava esgotada no final do dia.

Você atuou todo o tempo passando a idéia de que estava temerosa, isso é algo difícil de fazer?
Sim, requer muito trabalho. Foi engraçado porque nós fizemos a cena final do filme primeiro. O clímax do filme todo! Tudo o que acontece no final, no estúdio de ballet, quando ela percebe que está em perigo e que todo o seu mundo está desmoronando.

Este filme pode ser muito importante para sua carreira, alguém deu algum conselho especial à você?
Eu sei. Quando você começa a trabalhar num filme novo você começa a imaginar que vai ficar ótimo e vai ser mais reconhecida pelo público, as pessoas começam a reconhecer mais você, eles lembram seu rosto, seu nome. Eu achei que isso seria normal e tentei não pensar muito sobre isso. Ninguem me preparou para isso.

Quem você teria escolhido, o mocinho ou o bandido?
(Risos) Bem, se eu tivesse que escolher entre os personagens do filme, eu escolheria Edward, porque eu sei que ele não me machucaria.

Por que você acha que os vampiros são tão sensuais?
Eu acho que eles são clássicos. Eles são feitos para seduzir você, então você cai direto nas garras deles, e quando eles te pegam, eles te mordem. Você se deixa envolver pelos seus encantos, eles são como o fruto proibido.

O que você faria se encontrasse um vampiro?
Eu tentaria ser cuidadosa com o que pensar, porque eles podem ler mentes.

Você se apaixonaria por um vampiro?
Isso seria estranho. Eles criam uma reação química mágica. Há uma curiosidade sobre eles que é irreal, não é real.

Então você acredita em amor à primeira vista?
Não foi bem isso que eu disse! (risos)

Você é uma adolescente mas é muito madura para a sua idade.
Eu sempre tive um senso de responsabilidade comigo mesma e eu penso que isso é parte de me sentir como adulta.

Entrevista com Robert Pattinson

Robert Pattinson

Você é intrigado pelos vampiros?
Não muito. Eu acho estranha essa obsessão que algumas pessoas tem por eles. Eu só li Dracula quando estava fazendo o filme.

Como você se sente com tantas garotas o seguindo por toda a parte?
É assustador porque é algo que nunca aconteceu comigo antes. As fãs de Crepúsculo são muito leais aos livros e a Stephenie Meyer. Eu tive uma reação 100% negativa por parte dos fãs quando eu peguei o papel de Edward.

Por que?
Por tudo. Edward é algum tipo de criatura perfeita, o cara ideal. E as fãs queriam alguem como Leonardo DiCaprio, mas Edward deveria ter 17. Quando eu conheci Stephenie Meyer, ela me aprovou para o personagem e literalmente no dia seguinte todos os fãs mudaram de idéia e me aceitaram.

Deve ser difícil tentar ser tão perfeito.
É. Primeiro eu li o livro e achei que eu jamais poderia interpretar e criar todas aquelas descrições sobre a perfeição de Edward. Ninguém no mundo poderia trazer à vida alguem tão incrível. Então eu li o script e fiz a audição com Kristen, e ela agiu de uma maneira muito inesperada. Ela deu força à Bella e isso tornou o personagem Edward um pouco mais fragilizado, e então eu parti daí. Ele, sendo um tipo de demônio, é totalmente tomado por ela. Ela o domina.

Como você se sente estando em blockbusters como Harry Potter e agora Crepúsculo?
Para ser honesto, eu nunca pensei nisso quando peguei o papel. Harry Potter foi a minha primeira chance de alcançar uma audiência e agora esse filme se tornou um enorme sucesso também. Foi muito inesperado.

Você tem sido mais exigênte consigo, desde que interpretou um personagem tão perfeito?
Não mesmo. Eu não tento ser perfeito, eu baseio o personagem em celebridades como James Dean, pessoas com um charme sem fim. Neste filme ele é muito cavalheiresco, mas eu tentei fazê-lo mais sensual no filme. Eu usei o fato de ser um vampiro, eu quero que as pessoas pensem que sou misterioso e perigoso ao mesmo tempo.

Você acha que se tornou alvo dos paparazzi?
Sim, literalmente. É muito estranho.

Então eles o reconhecem mais agora?
Sim, eu não sei se é por causa desse cabelo chato. Na verdade, eu preciso cortar o cabelo, todos me reconhecem por causa do cabelo, mas eles nem sabem meu nome direito.

Você mantém o cabelo longo por alguma razão?
Nós vamos começar a filmar Lua Nova em breve. Eu adoraria cortar curtinho mas não tenho certeza. Além disso, se eu fizer alguma outra audição, as pessoas vão querer ver o cabelo longo.

Como você começou a atuar?
Eu nunca foi a uma escola de atores. Um dia meu pai estava num restaurante e ele viu um monte de garotas bonitas, então ele perguntou a elas onde estavam indo e elas disseram ‘ao clube de Teatro’, então meu pai me disse que eu tinha que ir pra lá. Foi muito embaraçoso.

Como você chegou a Hollywood?
Eu procurei por um agente depois de Harry Potter. No último ano eu estava fazendo um filme em que interpretava Salvador Dali e eu levei isso muito a sério. Quando voltei a Londres eu quis fazer algo mais, eu fiz a audição e três dias depois fui contratado para Crepúsculo.

Quais eram seus sonhos antes de começar a atuar?
Eu queria ser pianista e tocar nos pubs de Londres.

Há uma música sua na trilha sonora, você planeja lançar um disco?
Eu não vou lançar nenhum disco, isso seria muita coisa.

Há algum ator em que você se espelha?
Eu sempre fui obcecado por Jack Nicholson. Mas eu prefiro os filmes dos anos 70 e eu gosto do estilo de James Dean, ele era incrível.

* Em breve postaremos notícias novas.

Um comentário:

  1. massa, mas eles ñ falaram nem um pouco da vida real deles

    ResponderExcluir